domingo, 8 de maio de 2011

Será que existe alguém ou algum motivo importante que justifique a vida ou pelo menos esse instante?(8)

Cada dia que se passa e em todas as situações que vivencio ou que apenas observo de longe me fazem ter mais certeza de que amar é uma das coisas mais difíceis de ser vivido e compreendido. Pessoas sofrem por outras e percebo que em sua maioria, lágrimas derramadas são tão em vão, como pode o coração responder por si sem ao menos perguntar o que se passa em sua cabeça? Resposta que nem a ciência descobriu.
É até bizarro de se dizer, mas meu coração está em sintonia com minha cabeça! Talvez tenha cansado de insistir e tentar, ou então tenha apenas chegado ao fim naquilo que nunca se pensou acabar. Aquilo que se parecia tão surpreendente, tão magico, foi se perdendo a magia, a alegria e o brilho que se tinha. Transformou-se em rotina bater de frente com a parede e perceber que era inútil todo o esforço. Parece que vivi dez anos em apenas dois. Falei tanto “acalma-te coração” que ele acabou obedecendo. Dez toneladas saíram das minhas costas e agora consigo andar tranquilamente, com meu interior tão limpo, leve e com tanta quietude. Parecia tão distante o dia que isso aconteceria que me fazia soluçar. Mas vejo que tudo é questão de tempo, paciência, e principalmente de SABEDORIA, que é o que mais peço em minhas orações a Deus. Questionei tanto meu Senhor e hoje me arrependo, pois tudo está da forma que tem que ser, se algum dia for pra acontecer, vai acontecer, não é necessário me preocupar, pois o que agora é definitivo, daqui dez anos talvez não seja.
Ninguém é culpado de não ser a pessoa que a outra sonha e muito menos de não ter as atitudes que elas esperam. Cada um deve agir e seguir da forma que achar que será melhor para si próprio. Nunca fui de desistir das coisas que realmente quero, e quem me conhece sabe disso, faço o máximo e tento o impossível para conseguir aquilo que me fará bem, ou que simplesmente penso que irão me fazer. Está ai uma qualidade e um grande defeito meu.  Mas também tenho que confessar “Que na vida o hoje tem que aproveitar, por quê? Eu não sei se o amanhã há de chegar”, Saudade se tem, mas bem se diz: Saudade é algo que se senti por não está perto ou por não ter. No meu caso sempre senti saudade de algo que nunca tive. Sempre terei respeito e muita admiração, por que não? Não posso arrancar de mim um carinho que tenho, sempre será especial. Tubulações podem se ocorrer, não posso premeditar o meu futuro, mas enquanto essa tranquilidade existir aqui dentro de mim tudo estará bem.

Gabriely Martins Muniz

3 comentários:

  1. oi adorei seu blog!
    segue lá o meu!
    bjbj:*

    deliriosdetodagarota.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gaby'
    Tem um selinho pra ti no meu blog.
    Espero que goste.
    Beijo

    ResponderExcluir